Home Page


conhecendo o aerografo quem somos curso online dicas veja nossa arte adquira seu aerografo maquiagem HD e artistica fale com a gente


MATERIAIS AUXILIARES PARA AEROGRAFIA

 

Para trabalhos em aerografia, se utilizam materiais comuns à outras técnicas, como pincel, lápis preto, lapis de cor, borracha tesoura..., e outros materiais específicos para facilitar ou completar os trabalhos com aerógrafo como fitas adesivas simples, de dupla face adesiva, folhas de máscaras autoadesivas, folhas de acetato para máscara solta... Vamos comentar nesta página alguns materiais úteis para seu trabalho.


 

Estiletes ou bisturis - Material auxiliar imprescindível em aerografia, servem para cortar máscaras. De cima para baixo, o primeiro modelo apresentado é um bisturi de cerâmica, com ponta cambiável. Neste modelo não é necessário trocar a lâmina, o que o transforma num utensílio de durabilidade ilimitada (a menos que caia e quebre a lâmina), muito leve e de alta precisão. O segundo modelo é uma faca bailarina: bisturi de ponta rotativa, muito apreciado para cortar curvas. O terceiro modelo é um estilete normal de cortar papel, que apesar de funcionar bem, não tem tanta leveza e precisão quanto o bisturi. O último modelo é um estilete de cortar cartolina


 

Réguas - graduadas, trasparentes, metálicas, esquadros, curvas francesas... Existe uma ampla variedade de réguas com formas de círculos, ovais, quadrados, números, setas, letras... e sua utilidade é bastante grande, tanto para fazer os desenhos de rascunho, quanto para cortar as máscaras, e inclusive para serem elas próprias usadas como máscars móveis no trabalho final.


 

Pincéis - Na aerografia os pincéis são utilizados para detalhes de acabamento, para colocar tintas nos copos de tinta, ou para a limpeza dos copos de tinta (especialmente no caso de copos fixos). Para detalhes de acabamento, o pincel ideal é o de pelos de marta (quadro de pincéis à esquerda), que apesar de ser mais caro, tem sempre uma ponta perfeira e uma durabilidade maior se for cuidado corretamente. Os pincéis de pelo de marta não devem ficar muito tempo na água, e devem ser sempre lavados e secos após o término do trabalho. Para trabalhar com acrílicos, ou goma líquida para máscara, os pincèis de marta não devem ser utilizados, pois corre-se o risco de inutilizar os pincéis. Também é aconselhavel que se tenha pincéis de várias formas e tamanhos, de pelos sintéticos (quadro de pincéis à direita). Para limpeza dos copos de tinta, é aconselhavel utilizar pincéis de cerdas mais duras.


 

Máscaras protetoras - afinal, é o ar que você respira. Para tintas a base de água, uma máscara protetora simples (como as utilizadas por médicos e dentistas) já é suficiente para que você não respire as partículas de tinta que ficam soltas pelo ar. Para tintas a base de solventes e thinners, que são muito tóxicas (tintas automotivas, esmalte sintético...) é recomendável uma máscara protetora com filtro de carvão ativado.


 

Pistola de ar - Não se trata de um aerógrafo, mas é um elemento muito útil que se pode incluir no equipamento. São pistolas industriais, com gatilho, de baixa pressão. Tem agulha e bico, mas não se pode fazer desenhos com elas já que não permitem o mesmo nível de controle do aerógrafo. Muitos artistas utilizam a pistola para cobrir grandes fundos. Utilizada especialmente na pintura automotiva, para efeitos e fundos, e acabamento em verniz.


 

entre em contato
FAZENDO ARTE - Aerografia
Próxima página